Ivinhema - MS, sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

10º min
26º min



Publicado em: 07/12/2017 às 08h24

Aos 39 anos, Lúcio treina para jogar profissionalmente em 2018


- Gazeta Esportiva

Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press

Aos 39 anos de idade, zagueiro Lúcio ainda quer prolongar a carreira

Aos 39 anos de idade, o experiente zagueiro Lúcio deseja prolongar sua carreira como jogador profissional. Ganhador da Copa do Mundo 2002 pela Seleção Brasileira, o defensor já vem se preparando fisicamente para defender algum clube na temporada de 2018.

 

“No ano que vem, ainda quero bater uma bolinha e correr um pouquinho. Nada de muito alto nível, mas quero continuar jogando bola, que é uma coisa que amo e gosto. Foi o que me projetou para o Brasil e para o mundo. Então, é algo que quero continuar fazendo”, explicou Lúcio, recuperado de cirurgia no pé.

 

De volta após uma longa passagem pelo futebol europeu, Lúcio não rendeu o esperado com as camisas de São Paulo e Palmeiras, seus últimos clubes brasileiros. O zagueiro não atua profissionalmente desde a temporada de 2016, quando defendeu o Goa, da Índia.

 

Um dos clubes cotados para contar com o veterano ex-jogador da Seleção Brasileira em 2018 é o Gama, do Distrito Federal. “É uma sondagem. Ainda não tenho um time definido, mas estou treinando para voltar a jogar bola, nem que seja lá no bairro”, explicou Lúcio.

 

O zagueiro foi um dos convidados para o jogo beneficente promovido pelo GRAAC na noite de quarta-feira. No Estádio do Pacaembu, com times formados predominantemente por ex-jogadores, Lúcio até arriscou as costumeiras subidas ao campo de ataque.

 

Convocado para defender a Seleção nas edições de 2002, 2006 e 2010 da Copa, Lúcio jogou por clubes como Bayer Leverkusen, Bayern de Munique, Inter de Milão e Juventus. O zagueiro, pentacampeão mundial, ganhou ainda a Copa das Confederações de 2005 e 2009. Aos 39 anos, está disposto a encerrar a carreira de forma modesta.