PUBLICIDADE

Fotógrafo suíço que fez imagens de sucuris gigantes fala da sensação de fotografar nos rios de MS

Franco Banfi registra a vida selvagem há 35 anos. Além de fazer registros de baleias, ele sempre participa de expedições para fotografar cobras e de eventos que acontecem na região de Bonito, no sudoeste de MS.


Sucuris gigantes são flagradas durante expedições de fotógrafos subaquáticos em rios do MS- Imagens: g1.globo
PUBLICIDADE

Com 35 anos de experiência e um vasto roteiro de viagens pelos quatro cantos do mundo, o fotógrafo subaquático suíço Franco Banfi, que tem especialização em registrar a vida selvagem, contou com exclusividade ao G1 como é a experiência de registrar sucuris gigantes nos rios de águas cristalinas de Mato Grosso do Sul (assista ao vídeo acima).
 

"A sensação de fotografar uma cobra como essa é incrível! Pessoalmente, ela parece ser mais escura, mas quando chega perto, é possível ver o quão grande essa sucuri é. Em toda minha carreira, essas são as maiores que já fotografei", disse ele ao G1.
 
Banfi, de 63 anos, conta que os registros foram feitos durante as expedições que sempre acontecem no inverno, porque esse é o período de acasalamento da espécie, o que torna mais fácil avistá-las (leia mais abaixo). Em 2020, essas excursões foram canceladas por conta da pandemia de Covid-19.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE