Olimpíada: vôlei feminino passa fácil pela Coreia do Sul e estreia com vitória em Tóquio

Brasil derrotou a Coreia do Sul por 3 sets a 0


PUBLICIDADE

MIDIAMAX

Foto: @volleyballworld
PUBLICIDADE

A seleção brasileira feminina de vôlei estreou com uma tranquila vitória nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020. Neste domingo, o time comandado pelo técnico José Roberto Guimarães derrotou a Coreia do Sul por 3 sets a 0 - com parciais de 25/10, 25/22 e 25/19 -, na Ariake Arena, no jogo que fechou a primeira rodada do Grupo A. O Brasil, em busca de seu terceiro ouro olímpico, volta à quadra nesta terça-feira contra a República Dominicana. A seleção encara as rivais caribenhas às 7h40 (de Brasília). Neste domingo, as dominicanas perderam na estreia para a Sérvia por 3 sets a 0. No outro duelo da chave, o Japão ganhou do Quênia também por 3 a 0. No Grupo B, vitórias de Estados Unidos (sobre a Argentina), Turquia (na atual campeã olímpica China) e Itália (contra as russas). A seleção brasileira começou como se já estivesse totalmente preparado, ainda que fosse a partida de estreia. O time entrou tranquilo em quadra e isso pode ser visto já no primeiro set. Com um início perfeito, disparou no placar e, mesmo com alguns erros no fim, fechou a parcial com tranquilidade por 25/11. A partir daí, a coisa mudou um pouco. A Coreia do Sul entrou no jogo quando já perdia por 18 a 12 e causou problemas no segundo set. Com boas sequências, chegou a empatar a partida em 22 a 22. A reação das asiáticas parou aí e o Brasil marcou três pontos seguidos, com destaque para Rosamaria, que saiu do banco de reservas para marcar dois deles, para fechar em 25 a 22. Na terceira parcial, o Brasil largou atrás do placar e a Coreia do Sul chegou a abrir uma boa vantagem no início. Foi então que José Roberto Guimarães promoveu uma inversão, tirando Tandara e Macris para as entradas de Rosamaria e Roberta. A mudança funcionou e o time brasileiro buscou a virada, abriu vantagem e fechou o jogo com um 25 a 19.




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE