Rebeca Andrade, da ginástica, ganha medalha de prata no individual geral

É a primeira vez na história que o time feminino de ginástica ganha uma medalha nas Olimpíadas


PUBLICIDADE

MIDIAMAX

Rebeca Andrade em performance nos Jogos Olímpicos de Tóquio - Foto: Gaspar Nóbrega/COB
PUBLICIDADE

A ginasta Rebeca Andrade conquistou a medalha de prata no individual geral do time feminino brasileiro, nos Jogos Olímpicos de Tóquio, no Japão. Na atração, que ocorreu nesta quinta-feira (29), Rebeca fez boa apresentação de solo, mas saiu duas vezes do tablado e bateu 13.666 pontos.

 

A paulista, de 22 anos, ficou em segundo lugar, atrás apenas da americana Sunisa Lee. O evento de hoje é um feito histórico, pois é a primeira medalha feminina, da modalidade, nas Olimpíadas. A competição ocorreu no ginásio Ariake ao som de “Baile de Favela”.

 

História
A atleta cresceu na região periférica de Guarulhos, em São Paulo. Começou a dedicar-se ao esporte muito nova, aos 9 anos, e enfrentou com garra problemas físicos, como três lesões graves no joelho.

 

O relato de Rosa Santos, mãe de Rebeca Andrade, revela que a ginasta chegou a pensar em desistir, mas o apoio de Santos foi fundamental no processo de superação e conquista da medalha de prata de hoje, nos Jogos de Tóquio.




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE