Após matar o primeiro convivente e lesionar o segundo, mulher é presa ao descumprir medidas cautelares


PUBLICIDADE

DOURADOS NEWS

Foto: Divulgação/PCMS
PUBLICIDADE

Na manhã desta quarta-feira (10/07), a Polícia Civil do Estado Mato Grosso Sul, por intermédio da Delegacia de Taquarussu, prendeu uma mulher, de 33 anos, acusada de homicídio, por descumprimento de medidas cautelares, enquanto respondia a respectiva ação penal em liberdade.


De acordo com as informações policiais, em abril de 2023, a mulher matou o companheiro, Valdecir S. S., 33 anos, com uma faca, em uma residência localizada no centro de Taquarussu.

 

Na oportunidade, ela foi presa em flagrante delito, permanecendo encarcerada por aproximadamente seis meses, mas foi colocada em liberdade para continuar respondendo a ação penal fora das grades.


Para isso, foram fixadas algumas medidas cautelares para a acusada, como por exemplo a obrigatoriedade de recolhimento domiciliar durante o período noturno, das 21h às 5h. 

 

Ocorre que, no dia 28 de junho deste ano, a Polícia Militar local apresentou mulher na Delegacia de Taquarussu, após ela se envolver em nova ocorrência. Desta vez, em posse de uma faca, ela teria lesionado seu atual companheiro, de 42 anos.

 

Diante da gravidade do ato e pelo fato ter ocorrido durante a madrugada, 1h30, em descumprindo das medidas cautelares anteriormente impostas, foi decretada pelo Poder Judiciário a prisão preventiva da mulher, após pedido formulado pelo Ministério Público Estadual.

 

Com a determinação judicial, uma equipe da Delegacia de Taquarussu deu cumprimento ao mandado de prisão e V.A.R. foi detida em sua residência, no Bairro Cohab, sendo encaminhada para a delegacia de Batayporã.


Nos siga no




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE